Arquivos malteses - Débora Fernandes
Outros

Vacina em cães

11.08.2017

Oi, meus lindos!!

Hoje vou falar de vacina e aproveitar para alertar vocês sobre os cuidados e a importância da higiene do material utilizado na hora de vacinar seu pet.

O básico é que todo filhote precisa e deve ser vacinado a partir dos 45 dias de vida. Se a vacina vai ser a V8, V10, V11, isso é o veterinário que vai definir de acordo com a região em que o filhote vive. Não existe uma vacina melhor que a outra. E também a vacina contra Raiva deve ser aplicada.

Por exemplo, A v8 protege contra as seguintes doenças:
💉Cinomose
💉Hepatite Infecciosa Canina
💉Adenovirose
💉Coronavirose
💉Parainfluenza Canina
💉Parvovirose
💉Leptospirose canina

A primeira dose de vacina é administrada e depois de 21 dias é feita a segunda dose e mais 21 dias e a terceira dose é dada. Tem veterinário que aplica a antirrábica junto com a terceira dose da V8. Já outros aplicam a antirrábica quando o filhote completa 129 dias de vida. Depois desse esquema, apenas uma dose de vacina é aplicada anualmente como reforço.

Na maioria das vezes, no local onde foi aplicada a vacina, surge um caroço quase do tamanho de um limão pequeno. Os tutores sempre se assustam e me ligam para saber o que é. Mas isso é a reação dos anticorpos e em alguns dias desaparece. O local fica dolorido e cada filhote reage de um jeito. Uns ficam com febre, desanimados, doloridos de a pessoa nem poder pegar. Já outros nem parecem que tomaram vacina, rsrsrsrs. O ideal é aguardar 24 horas. Mas se você ficar nervosa ou nervoso, ligue para o veterinário e peça orientação.

Uma coisa que aconteceu e que me chamou muito a atenção foi a aplicação da última dose de vacina em um maltês que eu cuidei nos primeiros meses de vida. Sob meus cuidados o filhote tomou as duas primeiras doses de vacina com a veterinária que cuida dos meus malteses desde 2012. Ele ficou um pouco desanimado nas primeiras 12 horas, depois tudo normal. Indo para seu novo lar, o tutor, na época da terceira dose, chamou o veterinário para fazer a aplicação. A vacina foi feita e alguns dias depois, aquele caroço que comentei no texto acima, se lotou de pus. Ficou tipo um furúnculo. Uma coisa horrível e o veterinário disse que era alergia. Mas é estranho uma alergia somente na última dose. O filhote teve que ser medicado e depois de algumas compressas de água quente, o caroço rompeu e a secreção foi saindo.

Fiquem alertas com o material que o veterinário vai utilizar ao aplicar uma vacina no seu bebê. Veja se a vacina está na validade, veja se a seringa esta na embalagem e se a mesma está lacrada. Quando o problema surge o culpado nunca aparece e o filhote, inocente, é que fica prejudicado.

Seguem as fotos para vocês verem como ficou o local da inflamação.

Hoje o bebê está totalmente recuperado, mas foi um susto muito grande.

Compartilhem essa publicação com seus amigos e familiares, pois é muito importante que os devidos cuidados sejam observados.

Ah, me sigam nas redes sociais!! Meu instagram AQUI meu face AQUI E para você que quer mais informações sobre malteses e conhecer pessoas do BEM para trocar experiência com reponsabilidade, entre em nosso grupo lindo no face clicando AQUI 

Postado por

Débora Fernandes