Arquivos reeducação alimentar - Débora Fernandes
Alimentação

REEDUCAÇÃO ALIMENTAR = DIETA = OS BENEFÍCIOS DA MAÇA

01.06.2016

A maça é uma fruta poderosa. Rica em vitaminas e fibras, tem o poder de prevenir inúmeras doenças. No processo de reeducação alimentar a maça é essencial. E ainda previne o envelhecimento precoce!!! E ai, já comeu a sua maça hoje???

 

Lindonas do meu 💗, como vocês estão?? Viu, até rimou, rsrsrsrs

Sei que estão bem e se ainda não estão, vão ficar agora. Hoje vamos falar da maça. E não tem desculpas para a gente não comer ao menos uma por dia, né? Tem em todos os lugares, o preço é acessível, é gostosa, bonita e super benéfica para nossa saúde.

A maça é rica em vitaminas B, C e E e também é rica em pectina, uma fibra que ajuda no controle da glicemia e também reduz o colesterol ruim. Para quem é diabética, o ideal é consumir duas maças pequenas por dia. Olha que moleza 😉

As frutas que tem a polpa branca, como maça e pera, ajudam a evitar acidentes vasculares (AVC). E isso não é especulação e sim resultado de mais de 10 anos de pesquisa. Cientistas da Universidade de Wageningen, na Holanda, acompanharam 20.069 pessoas, entre as idades de 20 e 65 anos e chegaram a conclusão de que as pessoas que consumiam legumes e frutas com polpa branca tinha menos 52% de chance de ter um AVC. E que comer uma maça por dia reduz o risco de AVC em até 40% 😍 Vai pegar a maça e comer logo, AMIGAA!!!

Além disso a maçã é rica em antioxidantes que melhoram a capacidade respiratória e ainda protegem os pulmões. De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Nottingham, Inglaterra, as pessoas que comem 5 maças por semana ou mais tem menos problemas respiratórios. Além disso, a maçã possui uma propriedade adstringente que auxilia a garganta e as cordas vocais. Perfeito para os cantores de chuveiro e os profissionais também, rsrsrsrsrs.

Mas não é só isso. Quem tem problemas no estômago como azia, gastrite, úlceras… Podem se beneficiar com as maravilhas que a maça proporciona. Ela tem substância cicatrizantes que agem na mucosa do sistema digestivo. Pessoas com problemas de má cicatrização, sangramentos das gengivas podem melhorar bastante consumindo maças. Apenas um apor dia, gente. Coisa simples.

Quem come maça evita e muito as tão temidas doenças do cérebro como  Alzheimer e Parkinson. Isso por conta das vitaminas do complexo B

A maça traz saciedade por ter bastante fibra. A sua casca é insolúvel e diminui a vontade de comer doces.

Gente, a maça ainda previne o envelhecimento precoce por conta de ser rica em substâncias que agem como antioxidantes, adstringentes e antiinflamatórios. Essas substâncias também auxiliam na prevenção do câncer de colon, de próstata e de mama. Ai meu deeeeus!!! É muita coisa boa em uma fruta tão pequena.

Para crianças é perfeito, pois ajuda no controle do crescimento por conta das vitaminas B1, B2 e B3. Já, para os adultos e mulheres, principalmente, a fruta previne doenças de pele, ajuda a pele ficar mais bonita por regular o organismo e ainda evita a queda de cabelo 😱 Chocada com essa fruta linda.

E ai, já te convenci a comer uma maça por dia?? Eu como todos os dias. As vezes duas por dia. Pela manhã é certo uma inteira no liquidificador com polpa de alguma outra fruta, leite, 15 gramas de aveia e 10 gotas de adoçante. eu compro aquelas polpas de frutas no marcado. Ai sempre misturo com a maça.

Depois disso como outra (mas não todos os dias) no lanche das 15. Sempre como com casca mesmo. Só tiro o miolo.

Gente, ta tudo ai pra nós nos beneficiarmos. Vamos deixar um pouco os lanches em excesso. Sei que é por causa da facilidade. Mas vale a pena deixar a preguiça de lado e consumir alimentos feitos por Deus especialmente para nós. Deus nos deu tudo que precisamos e nós sempre querendo tomar outro caminho, até mesmo na questão dos alimentos.

Se você for ler outras matérias, como essa que eu fiz aqui no blog, (suco detox e seus benefícios, clique AQUI) vai perceber que os alimentos nos oferecem tudo, tudo mesmo de que precisamos. Pensem nisso e consumam comida de verdade, feita especialmente para você.

Beijocaaas, minhas lindonas 😘😚 e sigam nossas redes sociais para mais dicas 😉

 

Postado por

Débora Fernandes

Alimentação

10 dicas para emagrecer sem sofrimentos

18.05.2016

capa

 

Oi, pessoal 😀

Hoje vou dar algumas dicas valiosas para um processo de emagrecimento sem sofrimento. Porque emagrecer não é tortura e sim satisfação. Lógico que isso vale para quem está insatisfeito com seu peso ou está com problemas de saúde devido a situação.

Então leia com atenção e anote as dicas 😉

nao pule as refeições

Dica 1: Siga os horários corretos das refeições, não pule nenhuma = é comendo que seu metabolismo vai acelerar e queimar as gordurinhas acumuladas. Mas é claro que serão refeições saudáveis e equilibradas de acordo com suas necessidades.

 

amendoas e nozes

Dica 2: Prefira oleaginosas à biscoitos e pães. Elas te dão mais saciedade = você pode fazer um mix de nozes, amêndoas e passas sem açúcar. Você vai se surpreender com o resultado na sua saciedade. Com o tempo nem vai mais lembrar do pão 😉

 

proteina

Dica 3: Coma a quantidade suficiente de proteína de acordo com a orientação do profissional de nutrição. são as proteínas que vão agir nos seus músculos. Uma dica é ingerir proteínas depois de malhar para que elas ajam na reconstrução e recuperação dos mesmo. Outra dica é ingerir proteína antes de dormir. Durante o sono o organismo trabalha melhor em função do corpo, afim de recupera-lo. Sendo assim, as proteínas vão agir de forma mais eficaz na reconstrução dos tecidos musculares.

Dica 4: Beba bastante água, na média de 2 a 3 litros diários = água é vida e tem na sua casa 😀 Temos uma matéria super completa aqui no blog sobre esse tema. Clique AQUI e confira. Você vai se surpreender!! 

evite o sódio

 

Dica 5: Evite excesso de sódio, por isso, exclua produtos industrializados e dê preferência aos produtos in natura.

Dica 6: Não crie as substituições, substitua somente pelo que está na lista de substituição de alimentos.

pese as refeições

 

Dica 7: Pese todas as suas refeições porque além de você comer a quantidade exata que foi estabelecida, também aumenta o volume das refeições e consequentemente te dá mais saciedade = essas balanças são legais por ter o botão ‘tara’. Assim você coloca o prato tira a diferença do peso. Ai vai colocando a comida e vendo o peso bem certinho 😉

nao confie na balança

 

Dica 8: Evite se pesar o tempo todo = o peso de balança pode te enganar e fazer com que você abandone o tratamento. Limite-se a observar o seu corpo por meio das suas roupas, elas sim que vão dizer se você está emagrecendo ou não, pode acreditar 😉

Dica 9: Dia livre = se dê ao luxo de tirar um dia para relaxar e comer algo que seja prazeroso pra você. Não veja dieta como sacrifício.

Dica 10: Cada um no seu quadrado = Não se baseie na dieta alheia e sim, somente na sua dieta, porque ela foi elaborada de acordo com a sua rotina e composição corporal e com isso o resultado será muito melhor.

Bom, é isso galera!! Espero que tenham gostado e que, principalmente, coloquem em prática 😉

Cadastre seu email aqui no blog e receba conteúdos exclusivos por email 😉

Postado por

Débora Fernandes

Alimentação

Keep calm and siga a dieta e pratique atividade física!

11.04.2016

Essa matéria faz parte do projeto Divã da Vida Saudável. Para saber mais, clique AQUI

E aí meninas! Espero que tenham curtido a matéria anterior que falava do meu processo de emagrecimento. 

12988017_921723051271646_1878103017_n

 

Me deparei com essa imagem, e para hoje queria falar um pouco a respeito da importância da reeducação alimentar antes de falarmos de atividade física.

Isso porque sabemos que de nada adianta iniciarmos qualquer atividade física sem nos preocuparmos com nossa alimentação. Até porque, o alimento que consumimos serve de combustível para nosso corpo, nos fornecendo energia para nossas atividades diárias.

Como um carro, necessitamos deste combustível para nos mantermos ativos, e pensando bem, se usarmos de combustível ruim ou adulterado, o desempenho do “motor” não será tão bom, não é?

Quando falamos em reeducação alimentar, o que nos vem à cabeça é a palavra DIETA. A reeducação alimentar é o processo de aprendizado e mudança do hábito alimentar, já a dieta é a individualização de um programa alimentar a determinada pessoa onde haverá restrição total ou parcial de certos alimentos, com determinação de quantidades, horários, etc., buscando algum objetivo (perder peso, reduzir colesterol, aumentar massa muscular, etc.).

Então quando você inicia uma dieta, você estará se reeducando, mas aqui não vamos entrar nesse mérito, pois não é intenção da coluna, ok? Vou usar apenas reeducação alimentar!

Então, sabemos que para termos o objetivo de perder peso, aumentar ou manter nossa performance na atividade física, precisamos de uma reeducação alimentar.

E aí parece que estamos falando de um monstro. Pelo menos para mim há um tempo era assim! Até porque se fala em tantos tipos de “dietas milagrosas” que nem sabemos qual escolher: da lua, da sopa, do suco, de carboidrato, de proteína, lista que não acaba mais, pena que não encontrei a da batata frita, pois essa seria interessante! Hahhaahah 😀

Porém, quando decidi mudar meus hábitos não procurei nenhuma dessas dietas. Passei a fazer uma reeducação alimentar, e pasmem, ninguém passa fome fazendo um programa alimentar.

Na verdade, muito dos problemas que temos para seguir um programa alimentar está ligado à redução calórica radical, e daí passamos fome e passamos a ter ausência significativa de nutrientes; ao fator psicológico, pois na verdade o que queremos é comer aqueles alimentos de que “gostamos”; e daí a ansiedade, falta de programação, de horário, entre outros acabam atrapalhando todo esse processo.

Pra mim o primeiro passo seria procurar um nutricionista, pois hoje vejo o quanto é importante ter um programa alimentar individualizado, de acordo não só com o seu peso, rotina e objetivos, mas também com as atividades físicas que você pratica, com as necessidades do teu corpo quanto à nutrientes, vitaminas e minerais específicos, e também relativo aos teus gostos.

deborafernandes.com

Marmita é vida organizada.

 

Depois, outro passo importante é a programação. Gente, para termos resultado em qualquer coisa precisamos nos organizar. E quando falamos em alimentação, além de comprar tudo com antecedência, sim, precisamos carregar as tais “marmitas”, ou potinhos, como queiram! Não tem jeito. Sabe porquê?

Porque junto a programação a primeira coisa que todas nós sabemos é que precisamos nos alimentar mais vezes ao dia. Então, como você vai se alimentar se não carregar aquele alimento. E pra isso, você pode conversar com teu nutricionista para verificar qual é o alimento mais fácil, possível e adequado para você levar. Eu por exemplo, sempre tenho um ou dois potinhos dentro da bolsa, até porque em bolsa de mulher tem tudo né? 😉

Entretanto, independentemente de quantas dicas eu possa colocar aqui, sabemos que mudar hábitos não é fácil, pois quando aderimos a uma dieta, geralmente encontramos obstáculos em casa. Isso influencia muito na hora da escolha do cardápio, porque temos o almoço de domingo, o aniversário do filho, sobrinho, amigo, a visita que chega, etc.

Só que é possível vencer essas barreiras, e pra isso necessitamos focar em nosso objetivo e ter muita força de vontade. Quem me conhece sabe que não abandono minha dieta, a não ser no “dia do lixo” (dia livre), hahahah. Levo meus potinhos, minhas marmitas, o que for preciso. Quando tem aniversário, data comemorativa, ou algum evento, já programo para aquela data meu dia livre.

Uma vez me disseram que devemos comer para viver, e não viver para comer. E hoje após ter vivenciado o resultado em mim, vejo que isso é verdade. Não precisamos comer e beber para nos divertirmos entre amigos, isso é possível comendo arroz integral e salada, hahahaahah!!!!! 

E, na verdade a maioria dos alimentos que gostamos de comer, de longe são arroz integral, alface e tomate. Porém, não há segredo para uma dieta ideal, apesar da gente sempre procurar por um, sabemos a receita: mais alimentos frescos, mais diversidade ao prato, evitar alimentos ricos em gordura como frituras, evitar alimentos industrializados (começar a descascar mais e desembalar menos!), beber bastante água, e fazer seis refeições ao longo do dia.

Por isso o caminho é a reeducação alimentar, para se perder peso e ganhar saúde, e para que a atividade física escolhida por você seja segura e eficiente (ou seja, produza o resultado esperado) você deve se alimentar de forma que seu corpo possa trabalhar corretamente.

Outro benefício de iniciar a reeducação alimentar antes ou concomitante à prática de atividade física é a potencialização dos resultados. Isso porque alimentos adequados nos dão por exemplo, energia no treino, nos ajudam na construção do músculo, nos protegem de lesões, ou seja, aumentam a performance.

E sabem o que isso significa? Sabem o que quero mostrar com este post? Que não adianta treinar horrores, suar na academia, correr vários quilômetros, e se alimentar inadequadamente. Porque não adianta “perder” peso na balança. Isso mesmo! (Apesar da gente amar ver aqueles quilos diminuírem)

Pois você pode estar perdendo músculo, massa magra. E daí toda aquela semana de treino na academia, ou todas as corridas matinais, não estarão surtindo efeito algum! Pois você estará mantendo sua gordura corporal.😣

E, quando mudamos nossos hábitos e começamos a fazer uma atividade física, logicamente é porque estamos em busca de algum objetivo, seja ele saúde, emagrecimento, hipertrofia, seja o que for, para qualquer objetivo queremos perder gordura!

Por isso, busquem antes de qualquer passo ao seu objetivo a reeducação alimentar, para que os teus objetivos sejam possíveis!

Então fica a dica: “treinar sem reeducação alimentar é como querer ganhar na loteria sem apostar!”

Desejo uma ótima semana, beijinhos e até a próxima!!!

 

Postado por

Débora Fernandes

Atividade FísicaBoa Forma

Atividade física = Dieta = Meu processo de emagrecimento

04.04.2016
CAPA

Foto; Débora Fernandes. Model; Jaque Vargas. Todos os direitos reservados.

 

Olá pessoal, meu nome é Jaqueline Vargas, sou a nova colunista do Blog da Débora Fernandes e a partir de hoje vou compartilhar com vocês um pouco do mundo das corridas. Hoje vou começar contando um pouquinho da minha história, e espero que vocês gostem.

A gente vê tanto link no Facebook, Instagram e outros sobre emagrecimento, sobre sair do sedentarismo, sobre emagrecer com saúde. Tantas revistas que mostram o antes e depois e a gente se pergunta: é possível, será que é verdade? E você já se imaginou caminhando com um saco de 5 kg amarrados na cintura? E se fosse de 17kg? E quanto a correr, já pensou em aderir? Porque não fazer atividade física? Qual a tua desculpa: falta de tempo, não é pra mim, responde aí?!

Eu já pensei em todas essas indagações. Sempre fui magra, muitoooo magra, mesmo depois da gravidez. Mas a vida muda, e no final de 2010, muito atarefada onde trabalhava, acumulando funções: casa, marido, filha, trabalho, faculdade, e ainda ser mulher (porque ser mulher dá trabalho: maquiagem, cabelo, unha, etc. rsrsrsrs) percebi que não era aquilo que queria para mim, estava gordinha, sem nenhuma autoestima, estressada, super irritada, sedentária, me sentindo horrível. Caminhar? Nem pensar! Não tinha a mínima disposição.

Antes do emagrecimento

Jaque Vargas 17kg acima do peso. Todos os direitos reservados

 

Era jovem, mãe, esposa, prestes a me formar. E por que estava assim? Mas como eu poderia levantar da cadeira? Não tinha tempo! Não tinha vontade! Afinal, ser mãe dá trabalho, ser esposa também. E eu ainda trabalhava e estudava, como começar uma atividade? Apesar de nadar (participei de 04 Travessias a nado São José do Norte x Rio Grande), não havia qualquer outra coisa que achasse possível.

Então como se fosse na música “Um belo dia resolvi mudar, e fazer tudo o que eu queria fazer, me libertei daquela vida lenta”…kkkkkkkk

Parti para dieta início de 2011. E não era aquela que não come carboidrato, só de proteína, de goji berry, dieta da sopa, da luz, da lua etc. Comecei uma reeducação alimentar.

Corrida

Jaque Vargas. Todos os direitos reservados

 

Junto a isso comecei a correr, apesar de detestar a ideia! Fiz o teste dos 3km em VO2 máximo (o mais rápido que puder), terminei em 27min.

Passei a treinar, e completei meus primeiros 10km, na Corrida dos Fuzileiros Navais em abril de 2011 em 58min10seg.

primeiro trofeu

Jaque Vargas. Todos os direitos reservados.

Durante aquele ano se construiu uma atleta! Disse “oi” para a vida ativa e saudável. Perdi 17kg naquele ano, isso de março a outubro.

Claro que para nós mulheres emagrecer é o máximo, mas a maior vitória não foi essa. Gente, claro que fiquei feliz (muito, muito, muito feliz) com todo esse peso a menos, mas sabe o que foi melhor ainda?

Me apaixonei pela corrida, esporte maravilhoso, que te faz sofrer, que dói, que cansa, mas que revigora, te deixa feliz, te faz se superar, te faz se sentir livre, única, que a cada corrida te deixa com gostinho de quero mais! Passei a ter mais disposição para o marido e para a filha, passamos a ter mais tempo juntos, eu e o Alex (meu marido) treinamos, e viajamos para participar de competições juntos, e a Juju (minha filha de 13 anos) com isso entrou para o esporte, hoje pratica natação, fazendo parte da equipe de natação da SAC. Tenho disposição para meu dia e claro, GANHEI SAÚDE!

Lembram dos 3km em 27min, pois é, hoje faço mais de 6km nesse mesmo tempo! Você não acha isso legal? É superação! Faço parte da equipe do Clube de Regatas de Rio Grande, participo de diversas competições, já ganhei prova em Porto Alegre, já fiz diversas meias-maratona (21.100m), um Ultra Desafio 24h em equipe, e estou me preparando para a maratona (42.295m).

Por isso, principalmente nós que somos mães/pais, temos que dar o exemplo, temos que levantar da cadeira, não só pelos nossos pequenos, mas por nós mesmos! (Você pode ser a inspiração de alguém, como diria meu treinador Profº Paquito).

A cada corrida que termino, a cada treino superado, a Ju se motiva mais pelo esporte. Coisa que ela não faria se eu ainda estivesse sedentária, até porque eu não teria pique para acompanhar!

A atividade física faz bem pra a gente e pra quem convive com a gente, ela é fundamental no nosso trabalho, e principalmente nele, ficamos menos sujeitos ao estresse diário.

Além disso, precisamos estar mais perto da nossa família e amigos, mas em pessoa, interagindo, deixando o celular e a TV de lado, ficando mais tempo ao ar livre, suando!

Saibam que todos podemos ser atletas, destreinados, mas são, eu já estou treinando e vocês, quando vão começar?

depois do emagrecimento

Foto; Débora Fernandes. Modelo; Jaque Vargas. Todos os direitos reservados

 

Esta é minha pequena história no esporte, tenho muito asfalto para percorrer ainda, muitos quilômetros pela frente, mas espero que vocês tenham percebido que se eu consegui qualquer um consegue, não sou melhor que ninguém, sou humana como todos vocês, talvez um pouco mais competitiva, mas na verdade, quem sabe a única diferença esteja em começar, em ter atitude e persistência. O caminho não é fácil, muito menos curto, mas uma coisa posso garantir, ele é imensamente prazeroso, e quem tentar percorrê-lo, tenho certeza que jamais vai se arrepender!

Eu amo correr!!!! E espero que vocês amem também! Beijinhos e até a próxima!

Postado por

Débora Fernandes