Ministério Público instaura inquérito para investigar possíveis crimes de 18 vereadores de Rio Grande - Débora Fernandes
Jornalismo

Ministério Público instaura inquérito para investigar possíveis crimes de 18 vereadores de Rio Grande

01.11.2018

Dos 21 vereadores de Rio Grande, 18 serão investigados por improbidade administrativa relacionados a diárias recebidas nos últimos dois anos.

De acordo com Portal de Notícias  Grupo Oceano, o Ministério Público Estadual (MP-RS), através do Promotor de Justiça José Alexandre Zachia Alan, instaurou inquéritos para averiguar possíveis irregularidades relacionadas a 18 vereadores de Rio Grande. Os processos foram despachados na última terça-feira (30) e, agora, uma análise minuciosa deve ocorrer a fim de verificar se foram cometidos crimes de improbidade administrativa relacionados a diárias recebidas nos últimos dois anos.

A investigação, por parte do Ministério Público, diz respeito ao não cumprimento da Lei 7.844/2015 que estipula prazos e regramentos para a disponibilização de diárias de viagens aos vereadores. “Temos convicção de que eram adotados, no Legislativo Municipal, procedimentos que fogem da regulamentação. Por isso, iremos investigar caso a caso a fim de entender até que ponto o erário público foi afetado por essas ações” afirmou Zachia Alan, promotor responsável pelos inquéritos.

Os vereadores investigados, de acordo com informações disponibilizadas pelo Ministério Público e disponíveis no site do órgão, são: André Moraes de Sá (Batatinha), Julian Rafael Ceroni da Graça (Rafa Ceroni), Rovam Simões Gonçalves de Castro (Rovam Castro), Paulo Rogério Mattos Gomes (Rogério Gomes), Luciano da Rocha Gonçalves (Luciano Gonçalves), Laura Taís Machado Fagundes (Laurinha), Júlio César Pereira da Silva (Júlio César), José Claudino Alves Saraiva (Charles Saraiva), José Antônio da Silva (Repolhinho), João Dutra Júlio (João da Barra), Jair Rizzo Ferreira (Jair Rizzo), Ivair Domingos Pereira Souza (Vavá), Giovani Bastos Moralles (Giovani Moralles), Filipe de Oliveira Branco (Filipe Branco), Cláudio Luis Silva de Lima (De Lima), Benito de Oliveira Gonçalves (Benito Metálugico), Flávio Veleda Maciel (Flávio Vigilante) e Andréa Dutra Westphal (Tia Déia).

Para ler a matéria na íntegra, acesse Portal de Notícias

 

Postado por

Débora Fernandes

Deixe seu recado!