A decisão foi tomada pela Executiva do partido, por unanimidade (oito votos a zero), com base em um pedido feito pela deputada Carla Zambelli (SP)

 

E finalmente, Alê frota foi EXPULSO do PSL.

Claro que ainda tem muita gente do mesmo perfil que precisa sair fora, mas já foi um bom começo, você não acha?

Alexandre lutou muito pela aprovação da Reforma da Previdência, mas surpreendeu, sobretudo, por se abster na votação do 2º turno na Câmara, o que foi considerado uma “traição” à legenda. A proposta foi aprovada por 370 votos a favor, 124 contra e uma abstenção, a do parlamentar😒. Se era pra fazer pirraça e chamar a atenção, ta ai o resultado!!

Nas últimas semanas, a situação de Frota piorou após ele afirmar que o Bolsonaro é a sua “maior decepção” e que a indicação de Eduardo para a embaixada brasileira em Washington representa a “velha política”.

Na semana passada, Frota compartilhou uma reportagem crítica ao presidente e seus filhos que relatava os laços familiares de empregados nomeados por eles desde 1991.

No mesmo dia, atacou a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) por uma postagem dela, criticando-o pela aproximação com o governador de São Paulo, João Doria, do PSDB.

O cara arruma confusão por todo lugar que passa.

Sinceramente, eu pensei que dessa vez, com o nascimento da filha e essa nova chance de se estabilizar na vida por meio da política e ainda fazer o bem pelo Brasil estando no primeiro partido de direita do país, o cara fosse se equilibrar. Mas, parece que o velho ditado é o que vale mesmo, pau que nasce torto…